domingo, 26 de fevereiro de 2012

Três Palmeiras

Contava o saudoso Efraim Fonseca Nunes que as três palmeiras foram plantadas pela professora Cândida, no dia da árvore!


“Faz-me o de melhor em vida.
Depois de morta, tuas lágrimas só aliviarão a tua dor”.
Márcia Rezende

 
 

Parabéns José Santana!



Entre as muitas coisas que poderiam ser ditas, resolvi não me delongar, ou se fizesse seria uma biografia. No entanto preciso dizer que hoje o presente não é só seu por mais um ano de vida, mas também é nosso que podemos agradecer a Deus por tê-lo perto.
É muito gratificante depois de tantos anos podermos continuar falando de amor e admiração por alguém, geralmente isso faz parte da relação entre pais e filhos, só eles são capazes de aceitarem um ao outro com qualidades grandiosas que superam as divergências de idéias, objetivos e atitudes. Mas já que modestamente sinto-me incluída em sua prole, posso declarar: AMO VOCÊ E TE ADMIRO MUITO.
Desejamos saúde, paz, prosperidade e muito amor. Feliz aniversário!
Márcia Rezende e família.

Feliz Aniversário!

Mais vale o bom nome do que as muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a prata e o ouro.    (Provérbios, 22)
Algumas pessoas escolhem dedicar sua vida para servir ao próximo, e com isso acabam conquistando grandes e sólidas amizades.
Assim é José Santana.
Um político dedicado a servir ao seu povo. Um cidadão, um homem público, uma referência para nossa família.
Uma pessoa da qual podemos afirmar tratar-se de um verdadeiro vencedor na vida.
Não simplesmente pelas vitórias alcançadas, mas pela forma honesta com a qual as construiu, sempre se pautando nos princípios que norteiam a vida de todo e qualquer cidadão de bem.
Por tudo isso, agradecemos a Deus por ter nos proporcionado a alegria de superar as adversidades, e te desejamos um Feliz Aniversário pai, vovô, amigo, nós te amamos muito!

Dos seus filhos Lula, Cláudio, Irinéia, Luciano e Serginho, e de suas netas Victória, Bianca, Beatriz e Giulia.
E seu neto Rafael, que está chegando!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Nacional primeiro campeão do novo milênio (2001)


Segundo jornal, Walter Pinheiro estaria isolado no PT


Deu na Raio Laser da Tribuna da Bahia: “O senador Walter Pinheiro, novo líder do PT no Senado, tem experimentado um grande nível de isolamento no interior do seu partido. Informações dão conta de que vê-se isolado inclusive no interior de sua tendência, a Democracia Socialista (DS), onde representa um dos polos (o outro é capitaneado pelo secretário estadual de Comunicação Robinson Almeida e o ministro de Desenvolvimento Agrário Afonso Florence). Outra mostra deste isolamento foi a saraivada de críticas que Pinheiro recebeu de seus correligionários pela entrevista concedida à Rádio Metrópole. Luiz Caetano, prefeito de Camaçari, e Moema Gramacho, prefeita de Lauro de Freitas, responderam às ironias do senador à altura. Caetano dizendo que Pinheiro “está no céu” e Moema afirmando que o senador petista “não precisa agredir ninguém”. (Política Livre)

A estranha forma de aparelhar o Estado


por Samuel Celestino
É estranha a explicação do secretário de Cultura, Albino Rubim, ao cancelar um edital de concurso da sua pasta que pretendia – um absurdo, absolutamente inaceitável – aparelhar um setor do Estado, a sua secretaria, através de concurso público, abrindo-se facilidade para aqueles que são filiados a partidos políticos, seguramente o PT. Rubim disse que assinou o edital sem ler. Desculpa inaceitável. O que se assina sem ler demonstra, no mínimo, alheamento ao que faz, senão incompetência. Esse tipo de desculpa, aliás, já foi usado inúmeras vezes no serviço público municipal, estadual ou federal. Nunca colou. Na verdade, o edital só foi cancelado porque houve a denúncia. E a denúncia não admitia nenhuma alternativa a não ser o cancelamento. (Bahia Notícias)

“Cancelar edital da Secult não esconde artimanha petista”, diz Aleluia


José Carlos Aleluia

O presidente estadual do DEM, José Carlos Aleluia, criticou o edital publicado pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult) que colocava a filiação partidária como um dos critérios a serem avaliados para escolher contratação pelo REDA. “O governador Jaques Wagner vive alardeando ser republicano, mas a tentativa desavergonhada de aparelhamento da Secretaria de Cultura (Secult), por meio de um edital que privilegiava a contratação pelo Reda de militantes e sindicalistas, demonstra que a prática do petismo é bem diferente do discurso”, declarou. “Se não fosse a denúncia do Dr. Waldir e a repercussão nacional que ganhou na imprensa, os cidadãos baianos seriam usurpados pelo governo petista num dos princípios fundamentais da República: a igualdade de direitos”, concluiu. (Política Livre)

JH confirma que deve disputar eleições de 2014: ‘A vida reserva surpresas’


JH confirma que deve disputar eleições de 2014: ‘A vida reserva surpresas’
O prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro (PP), em seu último ano de mandato, confirmou ao Bahia Notícias que “provavelmente” deverá disputar as eleições de 2014. Após dois mandatos na gestão da cidade, JH poderá tentar ser senador, governador, deputado federal ou até mesmo retornar à Assembleia Legislativa, opção menos provável. Apesar de cogitar ter a foto estampada nas urnas daqui a dois anos, o alcaide diz que a sua preocupação agora é concluir a administração municipal “de cabeça erguida”. “Ainda tenho que realizar muita coisa até dezembro. Uma cidade como Salvador, dinâmica, pulsante, com 3 milhões de habitantes, é um desafio a cada dia”, ponderou. Indagado se pretendia ocupar o espaço que será deixado pelo seu pai, o senador João Durval (PDT), no Congresso Nacional, o pepista preferiu despistar qual seria o seu desejo: “Ainda não sei. A vida reserva surpresas”. (Bahia Notícias)

“O futuro de Salvador tem que ser definido em Salvador”, afirma presidente do PSDB


Sérgio Passos - presidente do PSDB
Ao comentar, nesta quinta-feira, nota publicada na coluna Panorama Político, do Jornal O Globo, sob o título “Apoio do DEM a Serra passa por reciprocidade em Salvador e Recife”, o presidente estadual do PSDB Bahia, Sérgio Passos, disse desconhecer tais acordos e afirmou que é preciso dissociar a realidade política em cada região do país. “O futuro de Salvador tem que ser definido em Salvador. Disso não abrimos mão”, declarou Passos, ao reafirmar o apoio da legenda à pré-candidatura do deputado federal Antonio Imbassahy à prefeitura da capital baiana. “A cidade de Salvador não dever ser objeto de barganha de negociações políticas em outros estados. Cada caso é um caso”, assinalou. Para Sérgio Passos, o PSDB já tem um nome bastante competitivo para as próximas eleições municipais e este é um assunto resolvido. “Imbassahy é um pré-candidato com totais condições de vitória, tem biografia incontestável como gestor municipal e será o nosso candidato, caso aceite a indicação”, concluiu. (Política Livre)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Governador Mangabeira - 50 anos de história

Alegria da garotada!


Lei do Gago obriga desconto de 50% na conta de celular de portadores de deficiência


Lei do Gago obriga desconto de 50% na conta de celular de portadores de deficiência

Uma lei estadual do Mato Grosso do Sul, decretada desde 2009, obriga as empresas de telefonia móvel a conceder descontos de 50% nas tarifas "aos cidadãos portadores de distúrbios na fluência e temporalização da fala", ou seja, aos gagos. A inusitada regra, apelidada pela população de Lei do Gago, vale para qualquer pessoa que “apresentar avaliação efetuada por fonoaudiólogo especializado em fluência, comprovando a sua condição."  A lei se vale da ausência de regras nacionais que estabeleçam padrões para o serviço de telefonia. Embora aprovada pela Associação Brasileira de Gagueira, ainda não se tem detalhes mais específicos da funcionalidade da lei. As operadoras reclamam na Justiça sobre a dificuldade na fiscalização dos usu-usu-usu-ários. (Bahia Notícias)

Senador defende ensino de cidadania moral e ética em escolas


Senador defende ensino de cidadania moral e ética em escolasO senador paranaense Sérgio Souza (PMDB) apresentou um projeto para criar a disciplina escolar de cidadania moral e ética, informa a coluna Radar On-line, de Lauro Jardim. O parlamentar justifica a proposta como uma forma de combate à corrupção. Caso a matéria seja aprovada, os estudantes de todo o país serão obrigados a ter aulas da nova matéria, que, pelo nome, lembra a disciplina Educação Moral e Cívica, adotada durante boa parte da ditadura militar. Também durante o período, as autoridades alegavam que o objetivo era melhorar o lado ético do brasileiro. Além da criação da nova disciplina, o senador também defende a implantação de cursos de Ética Social e Política, Filosofia e Sociologia em todas as séries do ensino médio. (Bahia Notícias)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Governador Mangabeira - 50 anos de história



Dilma é alvo de militares por opinião de ministras

Em nota conjunta, clubes das três Forças Armadas, que representam militares fora da ativa, criticaram a presidente Dilma Rousseff por ela não ter demonstrado “desacordo” em relação a declarações de ministras e do PT sobre a ditadura (1964-1985). Segundo o texto, do dia 16, “ao completar o primeiro ano do mandato, paulatinamente vê-se a presidente afastando-se das premissas por ela mesma estipuladas” no início de seu governo, quando Dilma disse que não haveria “discriminação, privilégios e compadrio” em sua gestão. A nota, antecipada ontem pelo “Estado de S. Paulo”, cita três declarações. A da ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos) ao “Correio Braziliense”, segundo a qual a Comissão da Verdade pode levar a responsabilização criminal de agentes públicos, a despeito da Lei da Anistia. Outro alvo dos clubes foi a ministra das Mulheres, Eleonora Menicucci, que “teceu críticas exacerbadas aos governos militares e, se autoelogiando, ressaltou o fato de ter lutado pela democracia”. (Folha)

Vaccarezza sugere que irmãos Vieira Lima apóiem Pelegrino e leva dura


O líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza (PT), o vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima (PMDB) e o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), um dos vice-líderes do governo na Câmara, trocaram farpas no twitter por causa da possibilidade de Geddel disputar a Prefeitura de Salvador. “Meu amigo Lúcio. Nós estamos do mesmo lado. Vamos apoiar Nelson em Salvador que é melhor para você, para Geddel e para o povo”, disse Vaccarezza. “Talvez essa seja a nossa diferença, amigo, só me preocupo com o que é melhor para o povo, por isso, apoio Dilma e não apoio Nelson!”, respondeu Lúcio Vieira Lima, que incluiu o também peemedebê Gabriel Chalita, pré-candidato da legenda à Prefeitura de São Paulo, na conversa, defendendo que o PT o apoie na capital paulista. ”Somente porque eu disse que não pega bem a candidatura de Geddel a prefeito você quer brigar com Chalita?”, questionou Vaccarezza, que mais uma vez foi respondido por Lúcio: “Ao contrário, quero que vc (você) o apoie, afinal vc (você) diz que quer o melhor para o povo ou não quer?”, provocou. Geddel que não havia se pronunciado até então disparou: “Estamos empatados. Tem muita coisa que vc (você) faz que acho que não pega bem”. (Política Livre)